• Lucas DP Sartori

O que você precisa saber sobre a Mamoplastia Redutora, a cirurgia de redução das mamas!


Mamas grandes e pesadas afetam a autoestima feminina e causam problemas sérios de saúde e bem-estar. Dores crônicas na coluna, ombros e pescoço, além de outros fatores, como a perda de equilíbrio, dificuldade para dormir e inclusive dermatites e assaduras na região do sulco, onde a pele da mama fica em contato constante com a pele do abdômen.


Da mesma forma, como muitas mulheres têm o desejo de aumentar suas mamas com o uso de próteses, se você sofre com o tamanho demasiado das suas, saiba que existe uma cirurgia que nos possibilita diminuir o volume delas, a Mamoplastia Redutora.


Esse procedimento não apenas reduz o tamanho das mamas, retirando o excesso de pele e glândula, mas também reposiciona os mamilos mais superiormente.


Para explicar melhor sobre como funciona a Cirurgia de Mamoplastia Redutora, eu separei algumas questões que são bastante importantes:


1. A partir de que idade é possível realizar a cirurgia?



Por acarretar problemas de saúde, o problema das mamas grandes demais pode ser corrigido ainda na adolescência, respeitando o período de cinco anos após a primeira menstruação, que é quando as mamas já atingiram o seu desenvolvimento completo. Importante enfatizar que pacientes menores de 18 anos precisam de autorização dos pais para realizar a cirurgia.


2. Como funciona a cirurgia?


Primeiro definimos a nova altura da aréola e do mamilo, que geralmente ficam posicionados a uma distância que varia em torno de 16,0 até 19,0 cm do pescoço.


Em seguida definimos o quanto de pele precisa ser retirado, assim como a quantidade de gordura e glândula mamária, lembrando que, quanto mais retiramos, menor ficará a mama.


Em muitos casos, além destas etapas também realizamos junto uma Lipoaspiração nas laterais das mamas com o objetivo de corrigir as sobras que ficam dos lados e que tanto incomodam as pacientes.


A Mamoplastia Redutora é uma cirurgia realizada com anestesia geral, com duração média de 2h30m a 4h, e que normalmente tem indicação de pernoite no hospital para uma maior segurança com relação à recuperação da paciente.


3. Como é a recuperação?



A retiradas dos pontos acontece geralmente na segunda semana após a cirurgia, no consultório. O período de recuperação é em média de 20 a 30 dias, tempo que recomendamos afastamento das atividades diárias. Além de medicamentos para a dor e para evitar tromboses a paciente também deverá usar uma malha pós-cirúrgica por dois meses. Para o retorno normal às atividades físicas recomenda-se cerca de 60 dias.


4. Como ficam as cicatrizes?


O resultado final da cirurgia é uma cicatriz em volta da aréola que costuma cicatrizar muito bem, e duas cicatrizes retas, uma na horizontal e outra na vertical, que formam um T invertido. A cicatriz horizontal também tem um resultado muito bom. A cicatriz vertical demora um pouco mais para um bom resultado final, em média uns seis meses.



5. É possível amamentar após a cirurgia?

As técnicas mais atuais que usamos em uma Mamoplastia Redutora nos permitem reposicionar o mamilo e todo o complexo areolomamilar (seios e ductos lactíferos, que são responsáveis pela produção do leite materno) de maneira mais segura. Então, na maioria dos casos nós vamos sim poder manter essa capacidade futura de amamentação. Isso, claro, desde que a paciente não tenha alguma alteração anatômica importante ou alguma mudança, por exemplo, no bico do seio que impeça a produção de leite ou dificulte a pega da criança após seu nascimento. É importante pontuar que, quanto maior a queda da mama, assim como quanto mais distante o mamilo esteja da posição que nós queremos, maior será a dificuldade da cirurgia, o que pode aumentar os riscos dessa amamentação ficar prejudicada. Porém, não tire conclusões precipitadas quanto ao seu caso.


O ideal é você agendar uma consulta para que eu possa lhe avaliar pessoalmente e, então, passar um diagnóstico exato. Na maioria dos casos podemos sim realizar a redução das mamas com segurança e preservando as condições futuras de amamentação quando você desejar realizar o seu sonho de ser mãe.


6. O que esperar dos resultados?


Como toda cirurgia, cada caso é um caso. Os resultados dependem de uma série de fatores, como seu biotipo, o tamanho, o excesso de glândula e de pele das suas mamas, assim como os cuidados a serem tomados no pós-operatório.


A Mamoplastia Redutora tem como objetivo reduzir o tamanho, retirar todo o excesso de pele e reposicionar a mama, assim como as aréolas e mamilos, de forma harmônica.


Então, além da melhora estética e da sua autoestima, também poderemos ter a melhora de uma série de problemas que o peso delas estavam acarretando, o que será essencial para uma melhor qualidade para a sua vida!


Espero ter ajudado a esclarecer suas dúvidas! Caso deseje conversar pessoalmente através de uma consulta você pode fazer o agendamento clicando no link https://wa.me/555597072522.

106 visualizações1 comentário