• Lucas DP Sartori

6 Coisas que você precisa saber sobre o Protocolo de Recuperação Rápida de Prótese de Mama


Poder levantar os braços no mesmo dia da cirurgia, lavar você mesma o seu cabelo no dia seguinte, dirigir o próprio carro em 2 dias e retornar ao trabalho em torno de 3 dias após o procedimento. Você sabia que isso agora é possível em uma cirurgia de Prótese de Mama?


Muitas mulheres já realizaram o desejo de fazer a sua cirurgia com esse pós-operatório completamente diferente, e que é possível graças ao cirurgião americano John Tebbets, que desenvolveu e descreveu o Protocolo de Recuperação Rápida de Prótese de Mama.


Além das vantagens acima, temos observado que as pacientes têm muito menor dor, o que torna a cirurgia associada ao Protocolo uma experiência completamente diferente do que era conhecido até então.


O Protocolo de Recuperação Rápida ainda é uma técnica recente em nossa região e, portanto, gera muitas dúvidas e curiosidades. Como eu fui o Cirurgião Plástico que trouxe essa técnica para a região Noroeste do nosso Estado, recebo muitas dúvidas diariamente.


Pensando nisso, separei aqui as principais perguntas que recebo pelas redes sociais e também em meu consultório para explicar um pouco mais sobre como funciona a técnica, para quem ela é indicada e a diferença dela para a cirurgia tradicional de Prótese de Mama.


1. O que é o Protocolo de Recuperação Rápida de Prótese de Mama?

O Protocolo de Recuperação Rápida de Prótese de Mama foi desenvolvido pelo Dr. John B. Tebbets, cirurgião americano do Texas, que ficou reconhecido como um dos expoentes da cirurgia plástica mundial. A técnica atual reúne diversas modificações que o Dr. Tebbets fez ao longo de mais de 20 anos de experiência:

▪ Educação pré-operatória (explicar a técnica, definir o implante adequado); ▪ Técnica anestésica modificada para um rápido despertar para realizar os exercícios; ▪ Técnica cirúrgica modificada para menor sangramento e diminuição da dor; ▪ Medicamentos específicos no pós-operatório imediato e tardio; ▪ Equipe multidisciplinar para conduzir os exercícios ainda no hospital para uma melhor recuperação; Com isso, a cirurgia de Prótese de Mama passou a ser elevada a um novo conceito, permitindo uma recuperação mais rápida e menos dolorosa.


2. Quem pode realizar o Protocolo de Recuperação Rápida?

Para que o Protocolo funcione existem algumas indicações que são fundamentais. 1. A primeira delas é que a técnica seja aplicada para a cirurgia de Prótese de Mama de aumento, somente. Ou seja, não é possível aliar o Protocolo à Mastopexia (retirada de pele + colocação de prótese), pois essa cirurgia tem cortes e incisões maiores, que não permitirão a realização de exercícios para uma rápida recuperação.

2. A segunda é que a prótese deve ser colocada abaixo da musculatura. Para saber se o procedimento ideal para o seu caso é acima ou abaixo da musculatura eu preciso te avaliar pessoalmente e entender seus objetivos com a colocação da prótese.

É nesta consulta que, após aliar os seus objetivos e fazer uma análise do seu biotipo, nós dois juntos vamos decidir o que é melhor para atender suas expectativas com segurança.


Caso a decisão seja por colocar a prótese abaixo da musculatura e não seja necessária a retirada de pele, apenas a colocação da prótese, você estará apta a realizar o Protocolo e garantir com ele uma recuperação mais rápida, podendo voltar a sua independência e atividades mais cedo e até mesmo com menos dor!


3. Como funciona a recuperação e qual a diferença com relação à cirurgia tradicional de Prótese de Mama?

A técnica tradicional da cirurgia de Prótese de Mama requer uma recuperação mais demorada, em torno de 10 a 15 dias. Durante este período a paciente não pode levantar os braços, pegar peso, não pode retornar ao trabalho e nem mesmo dirigir, pois além dos movimentos serem um pouco doloridos, eles podem alterar os resultados da cirurgia.

É justamente nestes pontos que o Protocolo de Recuperação Rápida se diferencia da técnica tradicional.


Em apenas 2 horas após a cirurgia a paciente já deve levantar os seus braços para realizar uma sequência de exercícios orientados pela nossa equipe de fisioterapia, ainda dentro do bloco cirúrgico.


Já no mesmo dia a paciente consegue colocar a sua própria roupa e no dia seguinte lavar o seu próprio cabelo em casa, de forma independente.

Em 2 dias a paciente já está liberada para dirigir o seu próprio carro e em 3 dias já é possível retornar ao trabalho. Ou seja, a paciente não precisa mais programar uma ausência prolongada do trabalho ou tirar férias para realizar a cirurgia. Basta programar um fim de semana ou feriado para estar recuperada e apta para retomar as atividades.

Outro benefício da técnica é o retorno à academia. Com a técnica tradicional o tempo recomendado é de 30 a 45 dias, com o Protocolo a paciente já pode retornar em 15 dias e levantar peso de até 15kg.


4. Como é a dor com o Protocolo, ela é maior ou menor do que a técnica tradicional?

Além do grande benefício de uma recuperação mais rápida, em praticamente todos os casos de pacientes nas quais eu tenho realizado o Protocolo, a dor tem sido muito menor em comparação à técnica tradicional.


Com o Protocolo a região do músculo onde é feito o corte para a incisão da prótese recebe os movimentos de fisioterapia orientados pela nossa equipe a cada duas horas e este é um dos fatores responsáveis pela diminuição da dor no pós-operatório.

5. O Protocolo de Recuperação Rápida pode ser realizado com a Mastopexia (retirada de pele + colocação de prótese)?

Não, não pode. O Protocolo pode ser realizado somente quando realizamos o aumento da mama sem a retirada de pele (pois este procedimento requer apenas um corte pequeno de 3 a 4 cm) e abaixo da musculatura, o que nos possibilita a realização dos exercícios de fisioterapia logo após a cirurgia.

Já a Mastopexia, como é um procedimento com retirada de pele e colocação de prótese, exige um corte na vertical, um corte maior abaixo da mama e mais um corte ao redor da aréola. Portanto, são mais cortes e maiores, o que não nos permite fazer os exercícios de fisioterapia logo após a cirurgia pelo alto risco de rompimento dos pontos.

6. Existe diferença de custo para a realização do Protocolo na cirurgia de Prótese de Mama? Sim, existe, mas não é uma diferença muito significativa, pois são repassados apenas os custos de material e equipe acrescentados. Quando realizamos o Protocolo em uma cirurgia de Prótese de Mama nós utilizamos alguns equipamentos diferentes e também contamos com uma equipe dedicada somente à paciente no pós-operatório.


Muito bem! :)

Espero que estas respostas ajudem você a conhecer um pouco mais sobre o Protocolo de Recuperação Rápida de Prótese de Mama e todos os seus benefícios para quem deseja realizar a sua cirurgia.


Se você tem outras dúvidas, entre em contato através das minhas redes sociais ou agende uma consulta para que eu possa te avaliar pessoalmente clicando no link https://wa.me/555597072522.


299 visualizações0 comentário

​© 2020 - Dr. Lucas Dal Pozzo Sartori